Bolsa Família: Confira o calendário para abertura de poupanças digital

 













Beneficiários do Bolsa Família passarão por novidades a partir de dezembro de 2020. Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), o programa de transferência de renda irá pagar o dinheiro por meio de poupanças digitais. Com isso, a Caixa liberou o calendário de abertura das contas.

Sendo assim, os inscritos do Bolsa Família poderão movimentar o dinheiro por meio do aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS), sem nenhum custo. Também foi informado que a abertura das contas digitais será automática, sem necessidade de o beneficiário solicitar.

O principal objetivo da novidade é dar uma maior liberdade de uso do dinheiro, dando opções e mais comodidade a quem recebe os pagamentos. Ainda foi ressaltado que o cartão do programa e o Cartão Cidadão continuarão válidos e funcionando da mesma forma.

Bolsa Família: calendário para a abertura de poupanças digitais

A Caixa informou que o calendário previsto segue o número final do NIS (Número de Identificação Social). O cronograma prevê aberturas entre dezembro de 2020 e março de 2021. Veja abaixo a ordem de abertura da poupança digital para inscritos no Bolsa Família:

Dezembro de 2020: beneficiários do Bolsa Família com NIS finais 0 e 9;

Janeiro de 2021: beneficiários do Bolsa Família com NIS finais 6, 7 e 8;

Fevereiro de 2021: beneficiários do Bolsa Família com NIS finais 3, 4 e 5;

Março de 2021: beneficiários do Bolsa Família com NIS finais 1 e 2. Grupos populacionais específicos como indígenas, quilombolas, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, entre outros.

Como movimentar o dinheiro do Bolsa Família?

Com os pagamentos sendo feitos por meio de poupanças digitais, o usuário ampliará as opções de utilização do dinheiro. Confira as alternativas disponíveis:

Pagamentos e compras com o Cartão Cidadão ou o próprio cartão do Bolsa Família;

Transferência bancária por meio do Caixa Tem;

Pagamento de água, luz, telefone e outros boletos (via Caixa Tem ou Lotéricas);

Compras em supermercado ou lojas por meio do QR Code;

Compras via Caixa Tem por meio de cartão de débito virtual.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem