Na tarde de hoje, dia 29, representantes da Prefeitura de Cataguases, do Hospital Cataguases (HC), do Conselho Municipal de Saúde e do comércio se reuniram na Secretaria de Saúde em busca de solucionar uma pendência para a abertura dos cinco novos leitos de UTI exclusivos para o combate à COVID-19 já prontas no hospital filantrópico da cidade: a contratação de médicos. Há seis dias a estrutura física das unidades está pronta para se juntar aos outros 10 leitos já existentes usados para os outros atendimentos e começarem a funcionar em um momento que a microrregião precisa ampliar seu número de vagas por conta da pandemia.

Diante deste cenário, durante a reunião todos os presentes se prontificaram a unir forças na busca por profissionais para atuarem na saúde da cidade. Hoje, a procura do Hospital Cataguases é por médicos plantonistas da nova UTI exclusiva para atendimentos de COVID-19. Para atuar no cargo, é necessário apenas o diploma de medicina, sem a necessidade de especialização. Para se candidatar a uma vaga, o interessado deve entrar em contato com o médico Nivaldo Gribel, diretor-técnico do Hospital Cataguases, por meio dos telefones: (32) 3421-1373 e (32) 99984-3707, ou pelo e-mail: nsgribel@terra.com.br.

Dr. Nivaldo explica que o Hospital Cataguases hoje possui equipamentos para atender a população, mas a necessidade neste momento é de profissionais. “Essa dificuldade não é só do Hospital, mas de várias regiões do mundo. Por conta do serviço, hospitais de outras cidades brasileiras também abriram leitos novos e captaram muitos médicos plantonistas no mercado. Nós temos equipamentos o suficiente para os cinco leitos de COVID-19, incluindo respiradores, monitores e bombas de infusão, mas necessitamos de médicos para o atendimento”, explicou.

A secretária de Saúde da Prefeitura de Cataguases, Daniela Rezende, explica que o intuito da reunião foi montar uma força-tarefa entre todos os envolvidos para atrair os médicos plantonistas para a cidade. “Neste momento, temos que buscar alternativas na busca pelos profissionais. Fazemos o repasse regular pelos serviços que o Hospital Cataguases presta à cidade e quando os leitos estiverem prontos, aplicaremos recursos com a finalidade de combater a COVID-19”, afirmou.

Texto: Bernardo Chaia - Prefeitura de Cataguases
Foto: Marcos Gama - Portal Mídia Mineira