As escolas da Rede Municipal de Ensino no município de Cataguases,  reiniciam suas atividades nesta segunda-feira, dia 25. O modelo adotado pela Prefeitura segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde, das secretarias Estadual e Municipal de Saúde, dos conselhos Nacional e Municipal de Educação, do Comitê Municipal COVID-19 e do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, conforme a Recomendação 006/2020, da 5ª Promotoria de Justiça de Cataguases.

Mantendo o distanciamento social, as atividades serão realizadas por meio de atividades não-presenciais. O conteúdo será produzido pelos docentes e enviado aos alunos conforme a organização dos grupos formados por pais e responsáveis feitos por cada escola com a utilização de grupos de mensagem ou outros meios que a escola achar viável e prático para a realização das tarefas. A primeira etapa do trabalho de atividades não-presenciais será para atender a um período de 30 dias, a contar da data de entrega dos materiais de ensino.

O secretário de Educação, José Fernando Millane (foto), afirma que duas das preocupações da Prefeitura são continuar oferecendo o ensino aos estudantes e preservar o ano letivo. "Essas atividades não-presenciais já estão sendo realizadas em outras redes de ensino. Nossa preocupação é cumprir com a carga horária mínima do ano letivo de oitocentas horas anuais, manter os alunos com atividades escolares e oferecer a qualidade necessária para a aprendizagem dos nossos estudantes", disse.

O secretário completa, explicando que a medida não tem o objetivo de substituir o ensino presencial, mas sim de se adaptar ao novo cenário. "O ensino não-presencial não substitui a presença dos alunos e professores, mas é uma forma de nos adaptarmos e minimizarmos os impactos sobre os nossos estudantes, que já se encontram há 60 dias afastados das escolas, com prorrogação de mais 30 dias dada pelo MEC", concluiu.

Embora a previsão inicial do ensino não-presencial seja para os próximos 30 dias, hoje a Secretaria de Educação está preparada para continuar com as atividades não-presenciais enquanto os efeitos da pandemia impedirem as aulas em sala de aula. As avaliações dos alunos poderão ocorrer tanto nas atividades não-presenciais analisando a participação dos alunos nas atividades e a evolução da aprendizagem, como em sala de aula quando as atividades normais retornarem.

Para os alunos e seus responsáveis que não tiverem nenhum meio tecnológico para acessar as atividades e aulas, os materiais serão impressos pelas suas respectivas escolas e encaminhadas.  Para a nova modalidade de ensino, a Secretaria Municipal de Educação e as escolas contam com o apoio dos pais e responsáveis, pois eles deverão manter contato com a escola em que seu filho estuda, procurando usar sempre os mesmos canais de costume para falar com a direção, e, se for necessário, fazer a atualização de seus contatos junto à escola.

Todas as escolas da Rede Municipal de Ensino já estão realizando a busca ativa pelos responsáveis pelos alunos para comunicar sobre o retorno às aulas e também explicar sobre o novo modelo de ensino. Cada escola, por meio do canal de comunicação com os pais, vai publicar o dia e horário em que os pais poderão pegar as atividades impressas para os alunos que não possuem celular ou outra tecnologia disponível.  A partir desta segunda, dia 25, até o dia 5 do próximo mês as escolas farão a entrega do material da atividade não-presencial.